Cirurgia segura. A importância da avaliação pré-operatória

Passar por uma cirurgia nem sempre é fácil, afinal é um procedimento que envolve riscos.

É comum pacientes chegarem aflitos na primeira consulta, com dúvidas e indagações de como a cirurgia acontecerá e é diante disso que a avaliação pré-operatória entra com a importante missão de avaliar o risco cirúrgico e trazer tranquilidade para o paciente.

➡Fazer uma avaliação pré-operatória permite que o cirurgião auxilie no controle de possíveis doenças pré-existentes e também contribua para prevenir ou tratar complicações pré e pós operatórias.

Vale ressaltar que esse tipo de avaliação é extremamente importante e necessária para o sucesso e segurança da intervenção cirúrgica. Sem ela, o procedimento dificilmente é recomendado.

Mas doutor, o que envolve uma avaliação pré-operatória?🤔

Esse tipo de avaliação se baseia em três fatores: No tipo de cirurgia a ser feita, na história clínica do paciente, no exame físico e também nos exames complementares. Através dessas informações é possível determinar se há um nível baixo, médio ou alto de riscos de complicações.

A Calculadora de Risco Cirúrgico da American College of Surgeons (Colégio Americano de Cirurgiões) estima a chance de um resultado desfavorável (como uma complicação ou morte) após a cirurgia. O risco é estimado com base nas informações que o paciente fornece ao médico sobre o histórico de saúde anterior. As estimativas são calculadas a partir de dados de um grande número de pacientes que tiveram um procedimento cirúrgico semelhante ao que o paciente pode ter.

Menu