Como a obesidade pode afetar o trato gastrointestinal.

Considerada uma doença crônica, a obesidade traz em sua essência diversas condições graves de saúde, sendo os problemas gastrointestinais um deles.

O aumento do peso sobrecarrega o organismo e pode provocar desconfortos ao paciente bem mais intensos que uma pessoa com peso normal.

➡Dentre os principais incômodos estão a azia, as náuseas, os vômitos, a presença do refluxo gastroesofágico e também dores abdominais.

Outro ponto muito importante é que a obesidade também interfere na microbiota intestinal, onde os microorganismos presentes no intestino acabam se transformando e deixando o órgão bem mais permeável e capaz de favorecer o aumento da gordura tanto nas células adiposas como também no fígado.

Com o intestino afetado, pacientes obesos possuem uma propensão maior também de desenvolver alterações metabólicas e aumentar a resistência à insulina.

Diante de tudo o que falei acima é muito importante que a obesidade seja tratada e acompanhada por uma equipe médica, assim como haja mudanças nos hábitos alimentares para que exista o bom desenvolvimento do aparelho digestivo.

⚠Vale ressaltar que a obesidade é considerada um problema de saúde pública e que vem aumentando nos últimos anos inclusive na população infantil e em adolescentes!

Menu