Manometria esofágica

Manometria esofágica é um procedimento que mede a força e a função dos músculos do esôfago– órgão que trabalha para conduzir e empurrar a comida e líquidos da boca para o estômago.

Como é feito o exame

A manometria esofágica demora cerca de 20 minutos. O técnico irá verificar com o paciente se não comeu nada dentro de 6 horas antes do estudo. No início do exame, o paciente deve ficar sentado na posição vertical. Uma narina é anestesiada com um lubrificante anestésico. Um fino tubo de plástico flexível, com cerca de meio centímetro de diâmetro, é passado através da narina anestesiada, passando pela parte posteriorda garganta e descendo pelo esôfago, sendo engolido normalmente.Podem haver alguns engasgos durante a passagem, mas são facilmente controlados por instruções do técnico.
Com a sonda posicionada dentro do esôfago, o paciente ficará deitado. Depois de um curto descanso para permitir que as pressões esofágicas se equilibrem e quando o paciente estiver habituado à presença da sonda, o exame começará. As pressões geradas pelo músculo esofágico serão medidas com o músculo em repouso e durante as deglutições de água oferecidas pelo técnico. Várias deglutições serão feitas para permitir a medição do esfíncter esofágico inferior (a barreira ao refluxo), esôfago (o tubo de deglutição) e o esfíncter esofágico superior (na garganta). Gravações de pressão são feitas ao longo do estudo e o tubo é então retirado. O paciente pode retomar a atividade regular, fazer alimentação e tomar medicamentos imediatamente após o teste.

Quando é indicada a manometria esofágica

  1. Avaliar a causa de refluxo de ácido do estômago para o esôfago (Doença do Refluxo Gastroesofágicoou DRGE), como nos casos das hérnias de hiato.
  2. Determinar a causa dos problemas com a ingestão de alimentos ou líquidos que possam ficar presos na altura do peito depois de os engolir (Acalásia).
  3. Avaliar pacientes com dor torácica, comumente associada à dor no coração, mas que podem ser provenientes do esôfago, como disturbios motores do órgão.
  4. O teste pode ser necessário para se determinar a posição mais adequada para a sonda de pHmetria esofágica
Menu